Contacte-me
Email: Este endereço de email está protegido contra spam bots, pelo que o Javascript terá de estar activado para poder visualizar o endereço de email
Telemóvel: +351 915 244 747
Livros & eBooks
"Era uma Vez um Hambúrguer"
Receitas saudáveis, destinadas a criar momentos de magia entre as mães e os filhos.
Ler Entrevista
"Pela sua Saúde!"
Um guia com alimentos crus para rejuvenescer e emagrecer. Reflexões e sugestões.
Ler Entrevista
"Ho'oponopono"
O que é o "Ho'oponopono"? Aprenda este mantra e os seus principios através deste eBook.
Fazer Download
"Limite Zero"
Como purificar pensamentos e ações negativas, deixando a mente livre para que a Lei da Atração possa conspirar a favor do ser humano.
Fazer Download
Adquira a experiência e a sabedoria para fazer melhor
25 / 07 / 2012
Image

O ‘maravilhoso’ fracasso!

Mas, o que é que o fracasso tem de bom? Poderão perguntar… Na realidade, um fracasso contém em si, uma panóplia de oportunidades, um campo de possibilidades infinitas à nossa espera.

Na conjuntura actual em que vivemos, a maioria das pessoas sucumbe de um modo mais ou menos inconsciente perante a energia nefasta da tão badalada crise! Mesmo os que não têm razão para isso, pelo menos económica, deixam-se abater, antecipando os piores cenários.

Antecipar o pior nem ajuda alguém, nem tão pouco é solução. E quer queiramos quer não, ninguém sabe se está vivo no dia seguinte. Sem dúvida que temos que fazer planos, porque vivemos em sociedade, mas só podemos viver o dia de hoje, ou melhor dizendo, nem isso, apenas este breve instante em que respiramos.

Novas oportunidades

A palavra ‘crise’ sem o ‘s’ fica CRIE. As crises mostram-nos oportunidades de criar e temos visto várias pessoas destemidas que quando ficaram desempregadas decidiram investir nos sonhos que acalentaram muitos anos e não foram capazes de realizar por medo, insegurança, mas perante a ‘crise’ não havia nada a perder e, assim, conquistaram os seus sonhos e ganharam tudo com essa atitude. E, assim, a velha história da crise virou uma nova história na vida. O povo diz «quando alguém nos fecha uma porta, Deus abra uma janela», mas eu acredito que Deus abra muitas portas de possibilidades para nós e bem melhores. A questão principal é a nossa atitude: fico na energia da derrota e desânimo ou aceito e abro-me para novas experiências com fé e esperança?

Quanto o ‘fracasso’ se torna numa bênção

Há vários anos, quando deixei de ser missionária e retomei os meus estudos, decidi seguir Relações Internacionais, embora toda a vida tivesse gostado muito de Medicina, nunca me entendi muito bem com matemática, portanto tal curso estava fora de questão. Tive média de 16,3 e não entrei para o curso por uma diferença de 2 décimas. Nessa altura não fiquei triste, apenas pensei que algo bem melhor e na qual eu me sentisse realizada iria surgir. E assim foi, no ano seguinte tomei conhecimento dos cursos de Naturologia e senti-me muito feliz por assim ter acontecido. O meu ‘fracasso’ tornou-se a minha Bênção. Quantas vezes um casamento falhado se torna a possibilidade de aprendizagem, de mudança de atitude e, assim, atrair um relacionamento mais feliz, mais completo ou, então, de uma mudança total na vida em que a pessoa mesmo ficando só tem a oportunidade de transformar a vida dos outros com as suas acções positivas? Se me agarrar ao que aparentemente ‘perdi’, perco também a oportunidade de viver de novo e melhor. Bem, de facto não perdemos nada, porque nada nos pertence, tudo nos foi dado para cuidarmos, pois nascemos nus e quando partirmos nada levamos deste mundo físico a não ser o amor que partilhamos. Sejam pais, filhos, cônjuges, bens, etc., não nos pertencem! Uma grande vitória tem no seu passado muitas lutas, muitas coisas que correram mal, muitos obstáculos, histórias escritas com suor, sangue e lágrimas, tanto a nível individual como colectivo.

O que fazer perante uma ‘situação de fracasso’

O fracasso é maravilhoso, na medida em que nos proporciona a experiência e a sabedoria para fazer melhor. Que tipo de atitude devemos ter perante uma ‘situação de fracasso’?

• Em primeiro lugar, aceitar o que não está ao nosso alcance mudar; • Olhar a lição e experiência que de algum modo enriqueceu a nossa vida e sentir gratidão, pois esta é a chave para abrir novas portas; • Sonhar com novas perspectivas; • Investigar e agir, no sentido de realizar os sonhos com fé, esperança, determinação; • Interiorizar-me no silêncio do meu coração, ver o que aprendi, o que posso mudar em mim e não culpar outros.

A culpa, a raiva e o ressentimento são 3 âncoras que apenas nos afundam no mar do sofrimento. A gratidão, o amor, a esperança são as asas que nos permitem voar no céu da alegria e da verdadeira liberdade. Sonhem, sonhem muito e apaixonem-se pela vida, pois ela é única e cada dia uma oportunidade de ser melhor e mais feliz. Por muito difícil que possa parecer ‘abracem o fracasso’, agradeçam-lhe e libertem-no para que o novo possa entrar nas vossas vidas.

Namasté.

 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >