Contacte-me
Email: Este endereço de email está protegido contra spam bots, pelo que o Javascript terá de estar activado para poder visualizar o endereço de email Telemóvel: +351 915 244 747
Livros & eBooks
"Era uma Vez um Hambúrguer"
Receitas saudáveis, destinadas a criar momentos de magia entre as mães e os filhos.
Ler Entrevista
"Pela sua Saúde!"
Um guia com alimentos crus para rejuvenescer e emagrecer. Reflexões e sugestões.
Ler Entrevista
"Ho'oponopono"
O que é o "Ho'oponopono"? Aprenda este mantra e os seus principios através deste eBook.
Fazer Download
"Limite Zero"
Como purificar pensamentos e ações negativas, deixando a mente livre para que a Lei da Atração possa conspirar a favor do ser humano.
Fazer Download
ZEN 06/14 - Transtornos alimentares e imagem corporal na adolescência
18 / 06 / 2014

Image

A adolescência é a fase da vida com mais mudanças e desafios a vários níveis: físico, mental, emocional e social. É o momento de nos integrarmos na sociedade enquanto procuramos compreender o sentido da vida em geral e da própria existência em particular. Quanto melhor for a infância e o relacionamento familiar, mais fácil será para o adolescente lidar com os desafios, pois poderá encontrar em casa todo o apoio e carinho que necessita para superar as dificuldades.
 
Nesta fase, surgem, muitas vezes, transornos alimentares, como a anorexia e a bulimia, em que a preocupação pela magreza como ideal de beleza apregoada pela média é o padrão que querem atingir, mas também surgem padrões de compulsão alimentar que levam à obesidade, mas este abordarei num outro artigo.
 
Em qualquer transtorno alimentar encontramos várias causas envolvidas: genéticas, biológicas (alteração nos níveis cerebrais de dopamina e serotonina), problemas familiares (abusos sexuais e emocionais, violações, dinâmica familiar disfuncional), psicológicas (perfeccionismo, baixa auto-estima). Qualquer que seja a causa, a falta de auto-estima e amor-próprio está sempre presente.
 
Atenção à anorexia...
 
A família precisa de estar atenta aos sinais. No caso da anorexia, as principais características são:
  • Comportamento exagerado para manter o peso abaixo do normal;
  • Pânico de engordar;
  • Distúrbio na imagem corporal (mesmo esquelética, sente-se gorda);
  • Amenorreia (ausência do período menstrual);
  • Necessidade exagerada de perfeição.
... e à bulimia
 
No caso do comportamento bulímico, encontramos outros factores, como:
  • Impulso irresistível de comer em excesso;
  • Induz vómitos e/ou abuso de laxantes;
  • O pânico de engordar é comum.
Além de tudo isto, é comum nestes transtornos alimentares, o excesso de exercício físico, isolamento, alterações de humor, irritabilidade, agressividade, procurar comer sozinho ou não comer.
 
A imagem corporal
 
A imagem corporal engloba a percepção do corpo que a pessoa tem na sua mente em relação ao seu tamanho, imagem e forma, juntamente com os sentimentos que possui em relação aos mesmos. Antigamente, o padrão de beleza feminino exaltado era de um corpo obeso ao ponto de se dizer que ‘gordura é formusura’ e, hoje em dia, esse padrão passou para o lado totalmente oposto para um corpo magro, com medidas específicas, desconsiderando ainda mais do que anteriormente a saúde e as várias constituições físicas. 
 
Os meios de comunicação e os parâmetros da moda contribuem para este estado patológico da imagem. Nas passerelles temos jovens adolescentes a desfilar como se fossem mulheres adultas, estando ainda muito longe da maturidade física e emocional, mas servindo de padrão nos concursos para outras que procuram o glamour da sua vida e um sentido para tudo. 
As revistas vendem imagens falsas de beleza disfarçadas com maquilhagem e técnicas informáticas e fazem as pessoas sonhar e desejar alcançar o inalcançável, simplesmente porque é uma ilusão.
 
Acompanhamento médico
 
Estas patologias necessitam de um acompanhamento multidisciplinar realizada por médicos, nutricionistas e psicólogos não apenas para o jovem, mas para toda a família. Para que estas abordagens tenham sucesso, há dois ingredientes fundamentais e sem os quais não se consegue uma verdadeira cura e os problemas mesmo aparentemente resolvidos podem surgir mais tarde com outra faceta. 
 
Somente o perdão e o amor incondicional levam à cura de todas as feridas e qualquer transtorno alimentar tem na sua raiz dor emocional no subconsciente e só com a sua libertação se liberta a patologia.
 
A cura de um jovem e da sua família é a cura de todos, pois somos todos UM. Quando um sofre, todos sofrem, quando UM se cura, TODOS se curam.
 
Bem-haja a todos.
 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >